Moda é pra quem?

Oi oi!

Bom, pessoas…. Desde que montei e abri o blog, algumas coisas tem irritado (oops) incomodado profundamente. Como, por exemplo, o julgamento das pessoas sobre moda e de quem participa da moda.

Já ouvi muito por ai: “Quem ela pensa que é pra falar de moda?”, “Ela é magra, né? Fica bem com qualquer coisa”, “O que uma Zé Ninguém tá fazendo com um blog desse?”, “Só ela não sabia que era bonita”, “Ela não faz faculdade de moda, não tem que falar nada então”.

Ou então alguém mais gordinho que diz se vestir sempre de “qualquer jeito” porque: “Ahh.. Eu sou gordo mesmo.” Ou uma menino que gosta de moda, mas porque se acha feio não que se arrumar melhor (ou não se sente à vontade pra isso). Ou até mesmo uma menina magrinha que diz: “Eu não sou legal, não posso usar essas roupas que você usa”.

E por aí vai uma lista extensíssima de Blá Blá Blá’s que me tiram do sério.

PARA COM ISSO GENTE. PARA COM TUDO!

Sinceramente, nunca fui bonita, sofria bulling na escola, meu cabelo passou grande parte da minha vida horroroso (até que eu pudesse, mais ou menos, cuidar dele), eu parecia um menino, era desleixada e preguiçosa (ainda sou!), não gostava de ficar chique, odiava sandalinha de menina, não aceitava sair de vestido, comecei a ter trilhões de espinhas horríveis na cara e pelo corpo aos 8 – 9 anos de idade, meu corpo nunca se desenvolveu à ponto de eu virar um “mulherão”, riam de mim no colégio, fui gordinha na adolescência .. Ou seja, uma boa parcela dos sofrimentos passei e ainda passo.

Eu não era nada “fashionista” até bem pouco tempo atrás. Foi uma mudança radical que me propus para melhorar minha própria auto-estima. Sempre acompanhei a moda, mas nunca adotava algo pra mim.

Não precisa, como diz o mito da moda, gastar rios de dinheiro para se vestir bem. Comece com aquelas roupas abandonadas do armário, monte sobreposições, arrisque, faça um Fashion Week dentro de casa. BRINQUE!

A moda vem do coração de cada um.

Se você se sente bem com seu estilo, carregue-o! A confiança em si mesmo e a atitude é que fazem o estilo. Moda é a exteriorização do que você é. Como uma arte, é forma de expressão.

Não importa quem seja, não precisa ter medo ou insegurança… Comece hoje. Agora!

Felizmente, ou infelizmente (não opinarei a respeito agora), nossa sociedade é feita de imagens e aparências. Por mais que você diga: “Eu não me importo com isso! Me preocupo mesmo é com o interior das pessoas!!!”. Sim, muito bonito isso, concordo. Eu também. Mas vai me dizer que você não julga uma pessoa mal vestida e/ou mal arrumada?

É do nosso contexto sócio-cultural. Não tem como fugir. Pessoas, não bonitas, mas bem cuidadas, que demonstram um apreço pessoal, são mais bem vistas. É importante pra sua própria auto-estima! Sinta-se bem! Sinta-se bonita(o)! Se cuide…

A moda não é feita pros “legais, magros, lindo e ricos”. Ela está aí pra todo mundo, basta adotar, basta querer! É um rótulo, apenas. A gordinha pode ser estilosa, o magrinho pode ser fashion, o gay pode ser moderno, a lésbica pode ser fashionista.

Eu não sou, realmente, ninguém. Não sou ligada à moda. Não estudei, não crio roupas, não tenho contatos, não sou rica, não vou à eventos… Sou gente, como qualquer um. Mas gosto de moda, como vocês também.  Então me permiti ser quem eu sempre quis ser. Usar as roupas que eu achava “bonitas nos outros”. Cores que sempre abominei e peças de roupa que eu tinha vergonha de usar, porque sempre fui muito discreta.

E sabe de uma coisa… SEJAM FELIZES. Porque o medo nasce junto ao sol.

Beijo beijo.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s